Como se prevenir dos sintomas causados pela altitude do Peru

Quando planejamos uma viagem, sempre nos preocupamos com os costumes e fatores que estão presentes na região que visitaremos. Sem dúvidas, uma das principais preocupações dos turistas que visitam o Peru é a famosa altitude (ou soroche). Cusco, cidade em que a maioria dos viajantes se hospedam para conhecer o tão famoso Machu Picchu, está a quase 3.400 metros acima do mar, o que é um problema para quem não está acostumado com altitudes.

Mais cedo ou mais tarde sentimos a altitude em alguma região do Peru, já que a pressão parcial do oxigênio é menor do que estamos acostumados no Brasil. Os sintomas mais comuns para as pessoas que sofrem com o mal de altitude são dores de cabeça, enjoos, fadiga, problemas com sono e falta de apetite. Mas, você sabe como se prevenir dos sintomas causados pela altitude do Peru, aproveitando a sua viagem da melhor maneira possível?

Em primeiro lugar, é recomendado que você se acostume com a região de altitude, como Cusco. Caso queira conhecer Machu Picchu, passe o primeiro dia em Cusco (ou qualquer cidade com grande altitude) sem praticar qualquer atividade física ou até mesmo pequenas caminhadas. Isso parecerá irrelevante, mas fará a diferença para o restante dos dias de sua viagem.

Outra dica importante: Suba gradualmente. Se sua viagem incluir diversos destinos no Peru, comece pelas cidades mais baixas, como Arequipa, por exemplo. A cidade, muito visitada por turistas, está a 2.300 metros de altitude, bem abaixo da turística Cusco.

Com menos oxigênio, os turistas que visitam cidades com grandes altitudes respiram com mais frequência, perdendo mais vapor de água no nosso corpo. Por isso, hidrate-se bastante durante a sua estadia no Peru. Isso será ainda mais importante em Cusco, uma cidade bastante seca e muito visitada por turistas do mundo inteiro.

Uma das dicas mais importantes: Tome o famoso chá de coca ou mastigue suas folhas. Muitas vezes disponíveis nas recepções dos hotéis, o chá contém algumas propriedades que ajudam a lidar com o ‘soroche’ (mal de altitude). A coca ajuda na absorção de oxigênio pelo sangue, é digestivo e estimulante para o nosso corpo. A folha também tem uma grande importância na cultura do Peru, sendo uma inserção nos costumes e rituais peruanos.

LUIS FELIPE CHECCHIA BARBOSA DOS SANTOS

Assuntos relacionados:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>